V Estação

 

Jesus é ajudado pelo Cireneu

 

Senhor Jesus, coroado de espinhos, não Te esqueças da Tua Igreja. 

Ilumina-a com o Teu Espírito.

 

 

 

 

 

VI Estação

 

 

Jesus encontra Verónica

 

 

 Salmo 26

Disse-me de ti o meu coração: “Procura a sua face”

É Tua face, Senhor, que procuro,

Não escondas de mim o Teu rosto.

 

Senhor Jesus, cansado e humilhado de dores e esperanças dos pobres. 

Deixa-nos  chegar mais perto de Ti, como Veronica.

permite que Te encontremos no irmão que sofre. 

E não nos deixeis cair na tentação de  aliviar o peso da nossa consciência com pequenas acções individuais.

 

 

 

 

 

 

VII Estação

 

Jesus cai pela segunda vez

 

Jesus cai de novo sob a cruz.

É verdade que estava esgotado fisicamente, mas estava mortalmente ferido também no seu coração.

Pesava sobre ele a rejeição daqueles que, desde o início, tinham se oposto obstinadamente contra a sua missão.

Pesava a rejeição que, ao final, tinha-lhe demonstrado o povo que parecia cheio de admiração e até entusiasmo por ele.

 

Peçamos a Deus, com humildade, mas também com confiança: Pai rico de misericórdia, ajudai-nos a não tornar ainda mais pesada a cruz de Jesus.

 

 

 

  

VIII Estação

  

Jesus encontra as mulheres de Jerusalém

que choram por Ele

 

 

 

Jesus  tem compaixão das mulheres de Jerusalém. 

 Mesmo enquanto carrega a cruz,  Jesus continua sendo o homem que tem compaixão...

 Chorou diante da tumba de Lázaro, proclamou  bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.

 

Senhor Jesus, consolo  para as mulheres de Jerusalém, consolo  para as mulheres de todos os tempos. 

Cuida de todas as mulheres do mundo. Amen.

publicado por catequesebarra às 00:27