À Pergunta:
“Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada, por opção da mulher, nas primeiras dez semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?” Respondemos:


 


 

Um portal ousado, apartidário, não confessional, plural, diversificada e muito abrangente que nasce da sociedade civil. Reúne pessoas e grupos que têm em comum serem contra a liberalização do aborto... Apresenta as razões do "não", factos, videos, testemunhos...

[É melhor visitar!]

 

publicado por catequesebarra às 21:28