"Se me amas não chores!
Se conhecesses o mistério imenso
Do céu onde agora vivo,
Este horizonte sem fim,
Esta luz que tudo reveste e penetra
Não chorarias, se me amas!

Estou absorvido no encanto de Deus
Na sua infindável Beleza.
Permanece em mim o teu amor
Uma enorme ternura
Que nem tu consegues imaginar.

Vivo numa alegria puríssima.
Nas angústias do tempo
Pensa nesta casa
Onde um dia estaremos reunidos para além da morte,
Matando a sede
Na fonte inesgotável da alegria
E do amor infinito.

Não chores,
Se verdadeiramente me amas!"

Santo Agostinho


Porque é do modo como encara a Morte que o homem dá sentido à Vida...

publicado por catequesebarra às 11:31