No final desta jornada,
carregada como sempre de teus favores,
quero vir a Ti com o coração agradecido.
Por isso, desde o mais profundo da minha alma, brota um sincero «obrigado».
Obrigado por este dia que termina.
Uma vez mais pude comprovar,
à medida que todos os acontecimentos iam surgindo, que nenhum momento da minha vida
escapa à tua infinita bondade
e que vá por onde for
a tua presença me acompanha, Senhor.
 
Obrigado por todas as coisas boas que pude fazer.
Sei Senhor, que no fundo, a Ti as devo,
porque és Tu e não outro o grande artífice da minha vida. Obrigado também porque,
apesar dos momentos de escuridão,
e apesar das minhas faltas,
Tu continuas a amar-me.
 
Obrigado, Senhor, porque continuas a estar a meu lado e me convidas a comunicar a minha experiência aos outros. Obrigado, Senhor por me quereres como sou,
pois ao ter a certeza de que o teu amor não desaparece, brota desde o mais profundo do meu coração,
uma paz que não posso descrever.
Por tudo isto, Senhor, eu Te dou graças,
e agora que o dia deu lugar à noite,
acompanha-me e protege-me de tudo o que me afasta de ti e que eu possa continuar a proclamar a viva voz que só Tu és o meu Senhor.

publicado por catequesebarra às 23:56