Perto de Ti Jesus

pesquisar

 
417022_10150616840017462_92187362461_9455221_12809

Catequese da Infância e Adolescência - Paróquia da Sagrada Família - Praia da Barra .

Quinta-feira, 30 / 11 / 06

«A VIDA»

 

 

 A vida não faz sentido se realmente a não vivermos, com amor, esperança, partilha, alegria e oração.

Queremos partilhar convosco este texto que poderemos chamar a árvore da vida...vamos vivê-lo!

Que
será,
Senhor,
neste Natal
armar uma ár-
vore dentro do
meu coração e nela
pendurar, em vez de
presentes, os nomes de
todos os meus amigos. Os
amigos de longe e de perto. Os
antigos e os mais recentes. Os que
vejo todo dia e os que raramente encon-
tro. Os sempre lembrados e os que, às vezes,
ficam esquecidos. Os constantes e os intermi-
tentes. Os  das horas difíceis e os das horas alegres.
Os que, sem querer, eu magoei ou, sem querer, me ma-
goaram. Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles
de quem não me são conhecidos a não ser as aparências.
Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo. Meus
amigos humildes e meus amigos importantes. Os nomes de todos os
que já passaram pela minha
vida. Uma árvore de raízes
muito profundas, e de ramos
muito extensos, e para que
seus nomes, nunca sejam,
arrancados do meu coração.
Para que novos nomes, vindos de todas as partes,
venham juntar-se aos existentes. De sombra muito
agradável para que nossa amizade seja um mo-
mento de repouso nas lutas da vida. “Que os mo-
mentos alegres de Natal ilumine todos os dias do ano que vamos iniciar"  

 

 

 

publicado por catequesebarra às 01:26
Quarta-feira, 29 / 11 / 06

Magnificatt


 


A minha alma glorifica ao Senhor
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.
Porque pôs os olhos na humildade da sua serva:
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada todas as gerações.
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas:
Santo é o seu nome.
A sua misericórdia se estende de geração em geração
sobre aqueles que O temem.
Manifestou o poder do seu braço
e dispersou os soberbos.
Derrubou os poderosos de seus tronos
e exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens
e aos ricos despediu de mãos vazias.
Acolheu Israel seu servo,
lembrado da sua misericórdia,
como tinha prometido a nossos pais,
a Abraão e à sua descendência
para sempre.
Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre.
Ámen.

 

publicado por catequesebarra às 19:24
Quarta-feira, 29 / 11 / 06

DEUS DE AMOR


Olá, então como estás desde a última carta que te escrevi. Ainda te lembras dela? Tenho a certeza que sim.

Hoje escrevo-te mais uma vez mas agora, venho pedir-te ajuda; preciso do teu compromisso de vida; o teu compromisso como cristão…

Sabes, ultimamente tenho visto que falta ás pessoas um sorriso no rosto; parece-me que elas não crêem que Eu posso ser para elas, fonte de Vida, fonte de Felicidade, fonte de Amor… Ultimamente tenho sido confundido com muitos deuses falsos; deuses que não têm nada haver Comigo. Fruto da imaginação de algumas pessoas mas que andam na cabeça de muitas mais.

Lembrei-me de ti. Lembrei-me que tu podes ser a minha voz, junto daqueles que não me ouvem, ou melhor, junto daqueles que julgam estar em comunhão Comigo mas afinal não é em Mim que acreditam.

Vou contar-te um segredo que, no fundo, já não é um segredo visto Jesus de Nazaré já o ter revelado à muito tempo no entanto, está muito esquecido. Eu não sou um deus mau; um deus que esta sempre a ver quando tu erras, um deus que está sempre julgar-te, um deus que está sempre pronto a castigar-te. Não. Eu não Sou assim. Sabes porquê? Porque sou Amor; um Amor que é totalmente dom; um amor perfeito o qual, por ser perfeito, não pode julgar-te, castigar-te, isso são dimensões do amor ainda em construção. O Meu Amor é perfeito. Estes deuses que não têm nada haver Comigo, são alguns dos que te falava há pouco.

Sabes, eu também não sou todo-poderoso. Não fiques assim, é verdade. Eu não sou todo-poderoso por uma razão muito simples queres ver? Se Eu fosse todo-poderoso, Eu podia tudo o que no fundo não é verdade. Há muitas coisas que Eu não posso. Há muitas coisas que o Amor não pode.

Eu sou Amor Todo-Poderoso, só posso o que pode o Amor.

Eu sei que muitas vezes ouves dizer que Eu posso tudo, mas é mentira. Muitas vezes as pessoas dizem isso para se desculparem a elas mesmas, colocando as culpas das suas impotências em Mim mas eu não posso tudo; eu só posso aquilo que diz respeito ao Amor e aí, no Amor, Eu posso tudo.

Como sabes eu sou uma família de três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo que vivemos em numa perfeita relação de Amor. Temos pena que ainda haja muitas pessoas que não nos vêem assim… Tu conheces algumas pessoas que não me vêem assim não conheces?

Estás disposto a ajudar-me? Tenho esperança que sim…

Pois bem, vou partilhar contigo uma realidade, na qual tu Me podes ajudar. Uma realidade que está muito distorcida do seu verdadeiro sentido; que ao longo dos anos foi perdendo força e que hoje não passa de um ritual em muitos casos vazio de sentido. A Eucaristia.

Eucaristia é uma palavra grega que significa: Acção de Graças, Agradecimento, Gratidão! Bem diferente da ideia que muitos têm na sua cabeça…

Eucaristia significa,literalmente, Gratidão!

Mas gratidão porquê? Eis que agora vem toda a beleza perdida ao longo do anos…

Eu sou o Deus-Graça. Todo o meu Amor é para vós por Graça e de graça; puro Dom para vós. É na medida em que ides acolhendo o meu Amor-Graça que em vós pode ser gerada a Gratidão.

Mas infelizmente a Eucaristia tornou-se para muitos uma outra coisa qualquer, sem sentido, longe do sentido que devia brotar da Última Ceia que afinal não foi a Última Ceia mas que, pela Ressurreição, se tornou a Primeira Ceia de muitas outras…

Com o passar dos anos, Eu o Deus-Graça, o qual foi revelado em plenitude por Jesus, foi sendo esquecido e rotulado de muitas coisas falsas… e deixei de ser Graça Libertadora para me tornarem no Senhor Todo-Poderoso que pode tudo, mesmo aquilo que, no fundo, Eu não posso.

Então o vosso coração que até então estava cheio de motivos para festejar a gratidão passou a estar vazio e a gratidão deu lugar a uma coisa, que em Mim não tem valor pois não é fruto do Amor, e passou a ser um manual de normas, rezas e leis que em nada vos fazem mais felizes.

Eu revelei-Me a vós como o Deus Amor Graça, Amor que se debruça até vós, e vós fostes capazes de inventar a Fé de Alpinista num Deus Todo-Poderoso que está “lá no alto…”, para o qual tendes que escalar a grande “montanha dos méritos”, fazendo isto mais aquilo sem no fundo isso vos enriquecer pessoalmente em nada, colocando-vos mais pobres e meio perdidos na vossa relação para comigo.

Vós invertestes o sentido das coisas. Eu sou o Deus que se debruça para vós que me faço pequeno para convosco e vós continuais a achar que a forma de chegar até mim é “subir à montanha”…

Muitos dos que se deixam velar pela “montanha dos méritos”, acham que Eu os considero os “meninos bonitos” pois fazem tudo o que está mandado, cumprem todas as normas, parece que vivem como robots. No fundo não há “meninos bonitos” para Mim. Sabes porquê? Porque não há “meninos feios”. Eu Amo-vos todo na mesma forma, na mesma dimensão. Amo-vos a todos de uma forma plena.

O grande mal foi terem vos feito esquecer que Eu Sou Amor e não Sou senão Amor. Esquecendo que Eu Sou Graça e de graça, e não um pagador de méritos conquistados, perdestes a dimensão da Gratidão. E tornastes a Eucaristia um ritual aprendido de gestos e palavras sem grande significado nem consequência na verdade quotidiana da vossa vida… E fizestes da Eucaristia um culto triste e enfadonho…

Deixa-Me voltar a ser em ti Graça. Deixa que a minha Vida que é uma pessoa o Espírito Santo te faça agradecido. Dia após dia, semana após semana, deixa-Me encontrar em ti mais espaço e tempo para ser Graça!

Tenho Fé em ti. Sei que posso contar contigo para que cada Eucaristia possa ser mais uma Festa de Corações Agradecidos!

Conto contigo para começar a ver mais rostos felizes, rostos que finalmente têm razões para sorrir pois têm o coração cheio da minha Graça.

Junto com estas palavras envio-te um grande abraço...
deste Deus que te ama muito
Pai,Filho,Espírito Santo.

 

publicado por catequesebarra às 19:04
Quarta-feira, 29 / 11 / 06

Números de Telefones de Emergência


(Por favor, tenha sempre à mão estes Telefones de Emergência!)

* Se sentir a falta de união – chame Romanos 12
* Se estiver desanimado com o seu trabalho - chame Salmo 126 (125)
* Se as pessoas lhe parecerem ingratas - chame João 13
* Se se sentir desprezado - chame Salmo 27
* Se o mundo lhe parecer demasiado pequeno - chame Salmo 19 (18)
* Se precisar de ser mais activo na sociedade - chame João 15
* Se a sua carteira estiver a esvaziar-se - chame Salmo 37 (36)
* Quando Deus lhe parecer distante - chame Salmo 139 (138)
* Quando mergulhar na tristeza e na perturbação - chame João 14
* Quando perder a confiança nas pessoas - chame Salmo 27 (26)
* Quando o mundo lhe parecer maior do que Deus - chame Salmo 90 (89)
* Quando estiver em perigo e sem protecção - chame Salmo 91 (90)
* Quando experimentar a solidão e o medo - chame Salmo 23 (22)
* Quando se sentir deprimido e abandonado - chame Romanos 8,31-39
* Quando experimentar a amargura e a crítica - chame 1 Coríntios 13
* Quando lhe pesar a consciência do pecado - chame Salmo 51 (50)
* Quando sair de casa para trabalhar ou viajar - chame Salmo 121 (120)
* Quando pensa no retorno dos investimentos - chame Marcos 10
* Quando precisar da segurança e garantia de Cristo - chame Romanos 8,1-30
* Quando precisar de coragem para uma tarefa - chame Josué 1
* Quando precisar de paz e descanso - chame Mateus 11,25-30
* Quando estiver preocupado com a vida - chame Mateus 6,19-34
* Quando a sua fé precisar de ser exercitada - chame Hebreus 11
* Quando as suas orações se tornarem egoístas - chame Salmo 67 (66).

 

Os Telefones de Emergência podem ser marcados directamente!
Não precisa da assistência de um operador.
Todas as linhas estão abertas 24 horas por dia!

publicado por catequesebarra às 03:58
Quarta-feira, 29 / 11 / 06

AGARRA A VIDA!

 

AGARRA A VIDA é primeiro que tudo o que nos pede a mão da Criança por nascer. Agarra-me, segura-me, não me deixes.

 

AGARRA A VIDA é um apelo às Mães: agarra essa Vida que tens dentro de ti. Dá-lhe o teu suporte, ajuda-a a crescer, não a deixes cair.

 

AGARRA A VIDA é uma incitação à sociedade para que ninguém seja empurrado para a morte, deixado à sua sorte, sózinho perante a tragédia ou a simples desgraça.

 

AGARRA A VIDA é por fim um convite. Vem conosco e ajuda-nos nos lugares onde a Vida é agarrada: nos centros de aconselhamento familiar, nas casas onde pode viver quem espera, nas instituições onde as crianças podem encontrar novos Pais e novas Mães.

 

 

AGARRA A VIDA DO BEBÉ

AGARRA A VIDA DA MÃE

AGARRA A VIDA DE TODOS

AGARRA A TUA VIDA TAMBÉM

 

 

publicado por catequesebarra às 03:48
Quarta-feira, 29 / 11 / 06

Aborto

Visite a galeria da National Geographic sobre o princípcio da vida humana
 
“Reafirmamos, uma vez mais, a malícia intrínseca de todo o aborto provocado, pois constitui gravíssimo atentado à vida humana inocente e indefesa”, disse o Presidente da Conferência Episcopal Portuguesa. Ler mais aqui.

publicado por catequesebarra às 03:39
" Bendito seja o Senhor que tanto nos ama"

mais sobre mim

Novembro 2006

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27

links

arquivos

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

pesquisar

 

subscrever feeds