Poema

 

Quinta-Feira Santa:

Dia de Alegria,

da Eucaristia.

de nova sintonia. 

Em alta frequência,

alto amor, alta fidelidade, hi-fi.

Seja esta, Senhor,

a nova caligrafia da nossa Poesia.

 

Dá-nos, Senhor, um coração novo,                             

capaz de conjugar em cada dia

os verbos fundamentais da Eucaristia:

 

RECEBER,

BENDIZER e AGRADECER,

PARTILHAR e DAR,

COMEMORAR,

ANUNCIAR e ESPERAR.

 

Dá-nos, Senhor,

um coração sensível e fraterno,

capaz de escutar e de recomeçar.

Mantém-nos reunidos, Senhor,                                            

à volta do Pão e da Palavra.

 

Ensina-nos, Senhor,

a saber colher o Teu amor

semeado e redentor.

 

 

Única fonte de sentido

que temos para oferecer

a este mundo

de que és o único Salvador.


 

Dom António Couto, Bispo Lamego

 

publicado por catequesebarra às 02:05